quarta-feira, 21 de julho de 2010

Já não me conheço


Com o passar do tempo de sinto diferente. As mudanças talvez tenham acontecido. Ponho-me a pensar tantas vezes naquilo que era, e naquilo que me tornei. Não significa que me tenha tornado numa pessoa má, ou um gajo mesmo daqueles sem juízo nenhum. Nada disso. Fiquei diferente. Provavelmente teve de ser assim. Mas gostava de voltar a ter aquele brilho que todos os dias me acompanhava. Não pensava em nada. Só naquele dia. Tinha quem queria, fazia o que queria, era expontaneo, era eu. 
Arrependo-me tanto, mas tanto de muitas coisas que fiz, tal como me arrependo tanto de coisas que não fiz. Arrependo-me de ter dito o que não devia, de ter magoado quem não devia, de me ter deixado para trás tantas coisas. Hoje... hoje cá estou eu. Sinto-me "pobre" ao comparar o "eu" de agora com o "eu" de ontem.
Dói-me bastante de pensar, e tanto de recordar. Não há volta a dar, a vida seguiu, eu também. Um dia tinha de ser. Mas o que custa mais é o facto de não conseguir reparar os erros cometidos no passado. Queria, também voltar a ser eu. Nem que fosse por mais um dia, e voltar a sentir aquela magia que eu tinha, e que com o passar dos anos desvaneceu e eu não sei para onde foi parar. Não sei se me roubaram, se a perdi, se a deixei porque quis. 
É um acumular de coisas que o meu coração por vezes não aguenta, embora eu consiga disfarçar. Não preciso que tenham pena de mim, porque para isso já basto eu. Por vezes vejo-me sem ninguém. Mas como é possível eu que tinha tudo, tinha todos, tinha... Hoje parece que não tenho nada. Alguém que no passado era tudo, fazia tudo... E agora que faço eu? Quem sou eu? Não sei o que aconteceu.

Enfim, queria só um instante para voltar a ser quem era.

7 comentários:

Katia disse...

n penses no passado...pensa no presente pk esse é o primeiro passo para o futuro...
ontem senti-me assim km te sentes hj... tal e qual sem tirar nem por... uma noite bem dormida depois, e duas conversas bem longas km duas amigas k estimo depois...eis que vejo um presente e futuro bem mais risonho, com um toque do meu eu (em tempos esquecido)....
basta acreditares =)
bjs*

Crazy disse...

Todos mudamos um dia. Tens alguem de certeza. Eu ja me senti assim. Não tinha ninguem, os amigos tinham-se ido mas depois reparei que não era bem assim. Tinha amigos, podiam não ser os de há um ano ou 4 anos mas tinha.
E tu também deves ter de certeza.
Beijinhos.

Alguém... disse...

Com o passar do tempo, acabamos todos por mudar. Não quer dizer que seja para pior :)

Alguém... disse...

Sem duvida, destroem e dámos por nós a pensar "afinal quem somos?"
Acho que te percebo. *

Tia Complicações disse...

Todos mudamos, a essa mudança chama-se amadurecimento. Uns aceitam bem, outros nem por isso. Muitas coisas boas se perdem em contrapartida surgem outras coisas boas. È assim com toda a gente :)

nicas disse...

há dias em que também gostava de ser quem era.

Luna disse...

Todos nós passamos por isso... Ou sentimos falta da ingenuidade, dos nossos sorrisos, da simplicidade... Mas tudo muda, todos mudamos, e chegando à lógica mais evidente para ti, vivemos o que aprendemos... E no fim se quisermos, seremos melhores :)

Beijinhos