domingo, 3 de junho de 2012

Uma saudade guardada.


Talvez o mal esteja em mim. Cada situação que me acontece ou que me envolve, tento sempre viver ao máximo e tirar partido do que conseguir. Confesso que muitas vezes tento aproveitar as coisas não da melhor maneira. Muitas vezes nem penso bem, foi vivo tudo de uma maneira tão rápida e intensa que muitas vezes não o faço da melhor forma. Sinto saudade. Por vezes dá-me aquela saudade de momentos que já estão longínquos e que nunca mais irão voltar. Hoje senti isso, senti falta, senti saudade do calor daqueles momentos, da intensidade com que tudo acontecia. Passou tão rápido... Tanto passou, tanto mudou e hoje cá estou eu a recordar. Esta minha mania de ter saudades... 

1 comentário:

Soraia disse...

Também tenho essa terrível mania. Mas pensa que se tens saudades é porque foram bons momentos (: