quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Portugal, uma espécie de país.


Uns dizem que a reforma não lhe chega para as despesas, o outro diz ao povo para não sei piegas e o outro vem dizer que não há milagres. O mais giro disto tudo é que eles recebem bem, tem grandes carros, têm tudo sem pagar nada, têm grande salários e o zé povinho que se lixe. Portugal está no buraco, e todos dias na televisão temos a prova disso. 
Não percebo grande coisa disto, mas se somos um país de união europeia, onde se prime pela igualdade, porque não colocam os sistemas de saúde, económico e financeiro e educativo da mesma forma? 
Às vezes tenho a sensação de que vivo num país de terceiro mundo.

1 comentário:

Liliana Costa disse...

e eu tb acho que sim, em termos de cultura do tacho, do xico esperto, da corrupcao ainda estamos mais perto de africa e da india do que da europa.
E surreal que o governo goze com a nossa cara, e surreal que se entreguem contratos aos amigos, e surreal que os administradores publicos (e os privados q tb podem) tirem salarios desproporcionais ao que se efectivamente produz na empresa.
Ridiculo. E gozar com quem trabalha a serio.