domingo, 13 de fevereiro de 2011

Pedaços de palavras


Um dia vou conseguir conquistar o mundo. Vou conseguir pousar nos sítios onde sei que posso ser feliz, junto de quem acredito que me pode fazer feliz. São tudo suposições que faço do tão incerto futuro.
Irei ver uma meta ao longe, e até lá conseguir ultrapassar todos os obstáculos que até agora me tem tentado impedir de ser quem quero! Posso não conseguir, mas vou ser capaz de tentar, pois a força e o sentimento que poderei conseguir vão fazer de mim uma outra pessoa, uma nova pessoa sem deixar de ser eu mesmo.
Sinto-me afogado em tanto receio e tanto incerteza, e sinto que está na hora de começar a partir aos poucos para que possa então participar na reviravolta que estou a ser tentado em cometer. 
Preciso de emoções, preciso de pessoas, de sítios e de sentimentos. Um dia tudo vai mudar, e eu voltarei a ser eu. 

3 comentários:

Luís Coelho disse...

Penso que esta é a nossa luta diária.
...Procurar ser feliz.......

N. # disse...

E a felicidade encontrar-te-à :)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Lindo. Adorei o final. Mas qualquer caminho se faz assim: como os trilhos do comboio, devagar, até ao destino final. Porque um TGV só existe se houver os carris, que começam sempre nalgum lado.

Abraçooooooo :):)