terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O real valor e conceito da Amizade.


Com o passar dos anos, e talvez graças a muitas pessoas, comecei a ver o conceito de Amizade de modo diferente. Não basta dizer que somos amigos e pronto. Por trás disto vem muita coisa. Preocupação, disponibilidade, atenção e confiança são dos requisitos que considero mais importantes... Com o tempo sinto que fui "perdendo" as pessoas em quem um dia eu pensei que "era para sempre". Se calhar nem as perdi, pois às tantas nunca as tive.
Tenho assistido que o conceito de Amizade não é como devia... Não nos devemos lembrar dos "amigos" quando nos convém, apenas quando precisamos. Acho que devemos estar lá sempre... um perguntar "então como estás?" é essencial. 
Gostamos de saber que se preocupam connosco. É bom sentir uma palavra amiga no momento certo, é bom saber com quem contar nos momentos bons e maus... Ultimamente tenho visto que acho que nem para uma coisa nem para outra posso contar. 
Ás tantas ponho-me a "contar" as pessoas que poderão estar presentes nalguma coisa que eu queira fazer... Escasseiam as hipóteses... É um pouco duro dizer isto, mas é verdade. A culpa é minha, dei demasiada importância e centrei-me muito num pequeno aglomerado de pessoas. Chego à conclusão que essa importância não foi retribuída para mim.
Sinto-me "esquecido", rodeado de pessoas frias e pouco importadas com o resto... Talvez deverei começar a abrir mais os meus horizontes e não ver uma única pessoa, mas sim várias. Essas poderão ser o meu futuro. 
Ainda assim, não sendo mal agradecido, eu sei que tenho meia dúzia de pessoas com quem poderei sempre contar e que sou para elas aquilo que são para mim. Uns estão perto, outros muito longe e outros... no coração. 


Como vêem a  Amizade?

1 comentário:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Ah, a Amizade, esse dom maior! Tenho para mim que podemos ser todos amigos porque somos todos estranhos até nos conhecermos. Depois, o grau de profundidade de cada amizade é que pode variar, o que é natural e legítimo. Mas se todos nos disponibilizarmos a um amor sem fronteiras, um amor universal, essa amizade, então também podemos isolar ou identificar amigos que passam a Amigos, porque a Amizaqde nao se presta a questionarios, mas a uma entrega simples e verdadeira, sem mais quês. E o exemplo também frutifica e traz novas pessoas a outros mundos...

Abraço