sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Fim de um passado.

Já tinha isto escrito aqui há bastante tempo... hoje lá encontrei e resolvi publicar :)

Passou muito tempo e a vida avançou. Cada um seguiu o seu caminho. Se assim foi, foi porque teve de ser. Passado este tempo todo, tenho-me apercebido que realmente existiram grandes falhas da minha parte. Egoísmo, falta de maturidade ou desleixo. Podemos chamar qualquer coisa.
Apesar deste tempo todo, das vidas separadas, de sentimentos que mudaram e da existência de formas de encarar agora a vida, sinto falta do teu sorriso. Sorriso que me acompanhou durante anos, que me dava alegrias e que me protegia.
Ainda que tanto tenha mudado, há sempre algo que me fazer recordar… de ti. Um lugar, uma fotografia, um momento… Tudo isto pode significar que tudo aquilo que sentia era intenso. Era diferente, era bonito. Consigo recuar ainda mais lá atrás, e ver-te na minha vida desde tão cedo, enche-me o coração de saudade, de nostalgia, de tristeza e de alegria.
Continuas a ter um lugar tão especial e tão marcante na minha vida que nem sei como explicar. Também não quero explicar, não vale a pena. Sempre foste importante, e sempre serás pelas razões que nós sabemos. Lamento a mágoa e todas aquelas lágrimas que estupidamente, e por minha culpa, caíram pelo teu rosto. Não me vou esquecer disso, e parte-me o coração não poder recuar, e colar tudo o que foi partido. Mas agora, agora já não vale a pena. Deveria tê-lo feito na altura, não agora. Agora é tarde.

Tudo isto para dizer que nunca te irei esquecer, independentemente daquilo que sinta, independentemente com quem esteja. Porque tu marcaste a minha vida de uma forma que mais ninguém marcará. A vida é feita de encontros e desencontros. Eu encontrei-te, mas acabei por te desencontrar.
O bom e o mau passaram, e ficaram guardados. Guardados no coração de cada um de nós. No meu e no teu. Não tenho palavras para agradecer o que foste para mim. Não tenho palavras para te dizer aquilo que eu poderia ter sido para ti.
Está na hora de deixar as lembranças, levá-las no peito e sentir orgulho de tudo o que se passou. Quanto a ti, sei que hoje estás bem. Tenho pena do rumo que tudo levou, mas eu desejo-te o melhor de tudo porque mereces. Que continues com a força e com esse brilho nesse olhar e com a naturalidade desse teu sorriso.

Terás sempre um lugar especial no meu coração. Porque afinal tu sempre moraste nele.

Alegra-me por te ter tido na minha vida.

1 comentário:

Helena G.S.R disse...

Valeu a pena, e isso é o que importa...