quarta-feira, 11 de maio de 2011

Vive a tua vida! Não a deles!


Sinceramente questiono-me muitas vezes o fazemos na vida. Tudo bem, vivemos e isso é o quê? Para mim viver é estar bem comigo mesmo, bem com tudo. Acho estranho que numa vida tão curta como esta não possamos ser como somos. Ser felizes a nossa maneira. Sair ou fugir de estereótipos feitos pela sociedade. São estereótipos feitos e que toda a gente aponta e assume que tem de ser seguidos assim e mais nada. Se sais fora deles, esquece. És acusado, julgado, criticado... E no fim vamos a ver, somos todos iguais, com as nossas diferenças. 
Viver é isso mesmo, é sermos iguais com algo que nos diferencie. Seremos boas ou más pessoas por isso? Não, somos apenas pessoas, mas ninguém nos vê assim. Viver é poder sorrir porque se conseguiu um objectivo por mínimo que seja. É escrever o destino da vida da maneira que queremos. Faz o que quiseres, sê quem desejas. Vai ao limite e encontra o teu eu, a tua felicidade. Faz de ti  alguém não especial, mas feliz. Custe isso o que custar. Não te esqueças "Mesmo que não escrevas livros, és escritor da tua vida."

5 comentários:

Luís Coelho disse...

Cada pessoa faz a própria vida um livro com presente, passado e futuro.
Nesta sociedade impõem-nos regras que devemos cumprir, mas ainda assim cada um toma as suas próprias decisões.

Martinha disse...

Gostei do teu texto! Viver é isso mesmo, é ter e desenvolver uma personalidade nossa que tem pontos comuns e divergentes com a dos outros.

Liliana disse...

grande post!

b disse...

Acho que a solução é não pensar.

Barros disse...

Nem sempre a pessoa pode escrever seu proprio livro, porque vivemos em um mundo atual onde o conceito pessoal se banalizou, devido estarmos na moda da idiotice, hoje quase tudo que nós cerca é idiota com interesses financeiros.
Acesse no Google: barrosblogdasideias