domingo, 15 de novembro de 2009

Memorias não esquecidas

A ouvir certas musicas bate a saudade. Saudade esta que está aqui sempre comigo, para todo lado. Estou a ficar maluco não sei. As vezes apetece-me rebentar. Estou tão cansado e farto de estar sempre a matutar nisto, mas seique faz parte de mim e que essas coisas nao vao desaparecer, pois está cá dentro. Bem fundo.

Estou sem força para certas coisas, apetece-me mesmo "sumir". Sinto-me a menos, sinto-me mal. Talvez um bocado psicologico. Preciso de um ombro, preciso de alguma coisa.
Deu-me para ir ver o meu "diario" de Hi5... Coisas que ja escrevi há muito tempo. Notei tanta diferença na minha forma de escrita, nos meus sentimentos, na minha atitude. Hoje,o tempo passou, e as lembranças la ficaram. Doeu ler, doeu lembrar. Gostava de sair daqui...
É um pouco arrepiante. É uma chama que arde, que queima e que dói. Isto é uma constante. Sei que não vai acabar. Por um lado é normal.
Bem, no próximo blog deixo aqui uma "marca" daquilo que fazia no tal "diario" de hi5 para teremo um bocado de noção do que era. Falarei de duas pessoas em especial, a minha namorada e o meu amigo que já não está cá. Doi dizer, mas tenho de admitir. A vida nunca mais foi o que era...

4 comentários:

Bárbara, disse...

obrigado :) tambem gostei do teu blog . realmente podemos alterar o proverbio xD

DoceSussurro disse...

Oh...
A saudade mói mesmo :s
Mas acredito que essa dor vá aclamando, aos poucos...
Deixo te um sorriso :)

Beijinho*

Filipa disse...

Hoje também estou assim... a melancolia apoderou-se de mim, queria que o tempo voltasse atrás, mas isso acho que quero todos os dias. Depois recuamos no tempo e voltamos a ouvir as tais músicas, a ler os tais textos, e a lembrar as tais conversas. Doí, as saudades nem deviam de existir. Estamos muito mal habituados, quando deixamos de ter aquilo que queremos o mundo desaba mesmo em cima da nossa cabeça, e leva muito tempo que tudo volte ao normal. Entendo-te perfeitamente, força. ;)

O Meu Blog disse...

Como te compreendo. Sabes, às vezes também vou ver coisas antigas. Às vezes estou quase a esquecer e penso que se for ver já nao me magoa pois ja passou, já faz parte do passado. Mas engano-me! Dói sempre! A dor transforma-se mas dói sempre. E acabo sempre a chorar e deprimida! Maldita vida! Acho que nos resta só tentar habituarmo-nos A dor acaba por ser mais facil de sentir. Torna-se numa coisa normal que faz parte de nós.

Beijinho afilhado, espero que realmente te consigas animar. Eu costumo dizer que tudo tem um lado positivo. Sei que podes dizer que isso que aconteceu nao foi nada positivo e eu acredito que sintas isso mesmo. Mas tudo tem os dois lados. Só temos de ver o lado positivo sempre para conseguirmos seguir em frente.
Beijinho. (Qualquer coisa estou aqui) *