sexta-feira, 23 de maio de 2008

De volta

Bem olá q quem le o blog, estou de volta, andei ausentado, pois é! Muito trabalho, muita preguiça, mas nada de novo!
Estes dias tao custosos a passar, nunca mais há ferias, ja fazem falta, pra mais um magnifico verao!
Quanto a mim ca vou andando, um dia de cada vez, tem de ser, tenho me sentido um pouco estranho, um pouco vazio, um pouco sem pica, um pouco sem nada, um pouco só. Pergunto me porque, mas nao sei bem! Sinto a falta de alguma coisa que nao sei o que é, nao sinto a energia que tinha, talvez por causa desta "nova" fase mais puxada.
Hoje magoei alguem muito especial, peço imensa desculpa mas as vezes dizemos coisas sem pensar, coisas parvas! Arrependo-me e sinto me mal por isso, nao queria de facto, bem como peço "desculpas" a outro alguem que me faz imensa falta, e que nao ca esta!
Mas começo a pensar quenao sou "bemvindo" aqui, nao sei porque, tenho a sensaçao de ser "menor" que os outros, ja la vai um tempo que isto assim segue, mas porque tem de ser assim? Aprendi a gostar das pessoas da maneira que elas sao, e nao da maneira que queria que elas fossem, sou assim , penso assim! nao sou perfeito! Gostava de ser diferente, mas sou assim, vivo assim e sou feliz assim, acho eu.
As vezes ponho-me a pensar que errei muito e sei que fiz um esforço pra mudar um pouco, porque vi um rasto de destruiçao á minha volta mas se calhar se nao mudasse um pouco nao tava como agora, mas tambem mesmo com essa mudança nao se viram muitos resultados!
Fui sacrificado pelo que fazia e hoje vejo bem o "que me fazem", nao é nada que me mate, nao é nada que me impeça de viver, mas algoq eu me revolta, que me causa uma certa intolerancia e nao se pensa no que sinto, mas pronto. Talvez um dia.. quem sabe.
Enfim aprendos com os erros e sofremos com os erros dos outros.
Sei que mudei, sei o que sou agora e sei bem o que nao fui. Mas as pessoas mudam, os tempos, a vida e o tempo.
Vou vivendo bem e menos bem, com e sem alguem, sozinho e acompanhado seguindo o meu rumo.

Desculpa LJ † *** amovos.

2 comentários:

lucia disse...

As tuas palavras por vezes magoam e sei que dsta vez atingiste fundo ao teres di-to aquilo.
Talvez sete metesses no mue lugar percebberias o quanto magoad aestou com as tuas apalavras e com o que se quer quises.te dizer com aquilo. esta dor demora a passar...tens de compreender

# Soraia # disse...

Nós temos que aceitar as pessoas como sao, pq se elas sao assim nao havera nada que as faça mudar e todos nos fazemos e dizemos coisas sem pensar, mas tudo tem soluçao, nao podemos é desistir das coisas que realmente queremos